terça-feira, 16 de agosto de 2016

Santo Antônio, Várzea, Espírito Santo e Passagem terão rodízio no fornecimento de água.

Quatro cidades do Rio Grande do Norte entraram em rodízio de abastecimento nesta terça-feira (16). Segundo a Companhia de Águas e Esgotos do estado (Caern), os municípios de Espírito Santo, Passagem, Santo Antônio e Várzea vão ter abastecimento reduzido.

Segundo a Caern, a baixa nos níveis de água dos mananciais Riacho do Salto e Riacho da Una, que junto aos riachos do Timbó e de Pedras compõem o Sistema Integrado de Espírito Santo, reduziu a oferta hídrica para a região. Antes da redução, eram fornecidos 320 m³/h de água, agora a queda na vazão, a oferta está em 200 m³/h.

Com a redução, a Caern informou que Espírito Santo terá água nas torneiras em todas as terças, entre 5h e 17h. Enquanto isso, as cidades de Passagem, Santo Antônio e Várzea terão água a partir das 17h, com fornecimento durante 36h.  Em seguida, os registros serão abertos novamente para a cidade de Espírito Santo, durante 12 horas.


A Caern afirmou que está trabalhando para minimizar os efeitos do quinto ano consecutivo de estiagem severa no estado. O rodízio é uma das alternativas para prolongar o uso da água disponível.


Fonte: G1.com/rn

ELEIÇÃO 2016: O que pode e o que não pode para candidatos e eleitores.



1 - O QUE O CANDIDATO PODE  FAZER.

  • Distribuir folhetos, adesivos e impressos, independentemente de autorização, sempre sob responsabilidade do partido, da coligação ou do candidato (o material gráfico deve conter CNPJ ou CPF do responsável pela confecção, quem a contratou e a tiragem);

  • Usar bandeiras portáteis em vias públicas, desde que não atrapalhem o trânsito de pessoas e veículos;

  • Colar propaganda eleitoral no para-brisa traseiro do carro em adesivo microperfurado; em outras posições do veículo também permitido usar adesivos, desde que não ultrapassem a dimensão de 50 cm x 40 cm.

  • Usar alto-falantes, amplificadores, carros de som e minitrios entre 8h e 22h, desde que estejam a, no mínimo, 200 metros de distância de repartições públicas, hospitais, escolas, bibliotecas, igrejas e teatros;

  • Realizar comícios entre 8h e 24h, inclusive com uso de trios elétricos em local fixo, que poderão tocar somente jingle de campanha e discursos políticos;

  • Fixar propaganda em papel ou adesivo com tamanho de até meio metro quadrado em bens particulares, desde que com autorização espontânea e gratuita do proprietário;

  • Pagar por até 10 anúncios em jornal ou revista, em tamanho limitado e em datas diversas, desde que informe, na própria publicidade, o valor pago pela inserção;

  • Fazer propaganda na internet, desde que gratuita e publicada em site oficial do candidato, do partido ou da coligação hospedados no Brasil ou em blogs e redes sociais;

  • Enviar mensagens eletrônicas, desde que disponibilizem opção para descadastramento do destinatário, que deverá ser feito em até 48 horas.


2 - O QUE O CANDIDATO NÃO PODE FAZER.


  • Fixar propaganda em bens públicos, postes, placas de trânsito, outdoors, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus, árvores, inclusive com pichação, tinta, placas, faixas, cavaletes e bonecos;

  • Jogar ou autorizar o derrame de propaganda no local de votação ou nas vias próximas, mesmo na véspera da eleição;

  • Fazer showmício com apresentação de artistas, mesmo sem remuneração; cantores, atores ou apresentadores que forem candidatos não poderão fazer campanha em suas atrações;

  • Fazer propaganda ou pedir votos por meio de telemarketing;

  • Confeccionar, utilizar e distribuir camisetas, chaveiros, bonés, canetas, brindes, cestas básicas, bens ou materiais que proporcionem vantagem ao eleitor;

  • Pagar por propaganda na internet, inclusive com impulsionamento de publicações em redes sociais ou com anúncios patrocinados nos buscadores;

  • Publicar propaganda na internet em sites de empresas ou outras pessoas jurídicas, bem como de órgãos públicos, que não estão proibidos de repassar cadastros eletrônicos a candidatos;

  • Fazer propaganda na internet, atribuindo indevidamente sua autoria a outra pessoa, candidato, partido ou coligação;

  • Agredir e atacar a honra de candidatos na internet e nas redes sociais, bem como divulgar fatos sabidamente inverídicos sobre adversários;

  • Veicular propaganda no rádio ou na TV paga e fora do horário gratuito (que ocorre entre 26 de agosto a 29 de setembro), bem como usar a propaganda para promover marca ou produto;

  • Degradar ou ridicularizar candidatos, usar montagens, trucagens, computação gráfica, desenhos animados e efeitos especiais no rádio e na TV;

  • Fazer propaganda de guerra, violência, subversão do regime, com preconceitos de raça ou classe, que instigue a desobediência à lei ou que desrespeite símbolos nacionais.

  • Usar símbolos, frases ou imagens associadas ou semelhantes às empregadas por órgão de governo, empresa pública ou estatal;

  • Inutilizar, alterar ou perturbar qualquer forma de propaganda devidamente realizada ou impedir propaganda devidamente realizada por outro candidato.


3 - O QUE O ELEITOR PODE FAZER.



  • Participar livremente da campanha eleitoral, respeitando as regras sobre propaganda nas ruas e na internet aplicadas aos candidatos;

  • Fazer doações para candidatos ou partidos até o limite de 10% da sua renda bruta, por transferência para conta oficial ou cartão de crédito pelo site oficial da campanha;

  • Ceder uso de bens móveis ou imóveis de sua propriedade, com valor estimado de até R$ 80 mil;

  • Prestar serviços gratuitamente para a campanha;

  • Apoiar candidato com gastos de até R$ 1.064,10, com emissão de comprovante da despesa em nome do eleitor (bens e serviços entregues caracterizam doação, limitada a 10% da renda);

  • No dia da votação, é permitida só manifestação individual e silenciosa da preferência pelo partido ou candidato, com uso somente de bandeiras, broches, dísticos e adesivos;

  • Manifestar pensamento, mas sem anonimato, inclusive na internet.


4 - O QUE O ELEITOR NÃO PODE FAZER.



  • Trocar voto por dinheiro, material de construção, cestas básicas, atendimento médico, cirurgia, emprego ou qualquer outro favor ou bem;

  • Cobrar pela fixação de propaganda em seus bens móveis ou imóveis;

  • Dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou outra pessoa, dinheiro, dádiva ou qualquer vantagem, para obter ou dar voto, conseguir ou prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita;

  • Sendo servidor público, trabalhar na campanha eleitoral durante o horário de expediente;

  • Inutilizar, alterar, impedir ou perturbar meio lícito de propaganda eleitoral;

  • Degradar ou ridicularizar candidato por qualquer meio, ofendendo sua honra.

  • Fazer boca de urna no dia da eleição, ou seja, divulgar propaganda de partidos ou candidatos com alto-falantes, comícios ou carreatas, por exemplo.




Fonte G1.com

Imagem ilustrativa




quarta-feira, 29 de junho de 2016

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Ondas gravitacionais são detectadas pela segunda vez nos EUA


A detecção inédita de ondas gravitacionais, as dobras no espaço e no tempo postuladas por Albert Einstein 100 anos atrás e anunciadas em fevereiro, não foram um acaso feliz – cientistas disseram nesta quarta-feira (15) que as flagraram pela segunda vez.


Os pesquisadores disseram ter captado as ondas gravitacionais que se espalharam pela Terra depois que dois buracos negros distantes giraram um rumo ao outro e se fundiram em um único e imenso abismo 1,4 bilhão de anos atrás. A colisão violenta desencadeou reverberações pelo espaço-tempo, uma fusão dos conceitos de tempo e espaço tridimensional.


Estas ondas gravitacionais foram detectadas por observatórios gêmeos dos Estados Unidos no dia 25 de dezembro de 2015 pelo horário norte-americano. Os detectores estão localizados em Livingston, na Louisiana, e Hanford, no Estado de Washington.

A primeira detecção de ondas gravitacionais ocorreu em setembro passado e foi anunciada em 11 de fevereiro. O acontecimento criou sensação no meio científico e representou um marco na física e na astronomia, transformando uma implicação peculiar da Teoria Geral da Gravidade de 1916 no reino da observação astronômica.

Tanto as ondas detectadas em setembro quanto as de dezembro foram desencadeadas pela fusão de buracos negros, regiões de massa tão densa que nem fótons de luz podem escapar dos escoadouros gravitacionais que eles produzem no espaço.

Os buracos negros fundidos que fizeram o espaço vibrar em dezembro eram muito menores do que o primeiro par, demonstrando a sensibilidade dos instrumentos do recentemente atualizado Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferômetro Laser (Ligo, na sigla em inglês).

"Estamos começando a ter um vislumbre de um tipo de informação astronômica nova que só pode vir de detectores de ondas gravitacionais", disse David Shoemaker, pesquisador do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, o prestigioso MIT.

Os buracos negros que suscitaram as ondas gravitacionais recém-captadas eram oito e 14 vezes maiores do que o sol, respectivamente, antes de se fundirem em um único buraco negro cerca de 21 vezes maior do que o sol.


O detector de Louisiana percebeu as ondas primeiro e o de Washington 1,1 millissegundo mais tarde. Os cientistas podem usar a diferença de tempo para calcular aproximadamente onde a fusão dos buracos negros aconteceu.



Fonte: G1.com/ciencias-e-saude


sábado, 28 de maio de 2016

Aplicativo do Detran/RN informa sobre multas e oferece serviços


O Departamento de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran) lançou uma ferramenta para smartphones que promete facilitar o acesso aos serviços oferecidos pelo órgão. O aplicativo pode ser baixado gratuitamente para os sistemas Android e IOS.

De acordo com o órgão, o app 'Detran RN' possibilita que o usuário tenha acesso rápido às informações de veículos e de CNH. Nesse sentido, é possível ter conhecimento de infrações de trânsito em aberto, licenciamento, IPVA e agendamento de vistoria veicular. Também podem ser efetivadas as solicitações de segunda via de CNH, agendamento de prova para retirada de habilitação, além de identificar os serviços oferecidos, endereços e contato das unidades do Detran em todo estado.

Para que os usuários consigam verificar as informações relacionadas a veículos, é preciso que ele disponha dos dados principais do transporte, como placa e Renavam. Já para consultas de CNH, é preciso informar o CPF do cidadão interessado. A população também pode baixar arquivos com cartilhas informativas de segurança no trânsito. Os arquivos são disponibilizados no formato PDF.

Segundo Júlio César Câmara, diretor-geral do Detran, uma nova função deve ser inserida no aplicativo: a possibilidade de baixar boletos de taxas e multas, e com isso efetuar os devidos pagamentos. “Nossa equipe está analisando o sistema para oferecer mais esta facilidade ao usuário”, disse o diretor.

Modernização
 
Outras medidas voltadas para a modernização do Detran estão em curso e devem ser implantadas nos próximos meses. Entre as ações, estão o Auto de Infração Eletrônico, que faz com que as multas sejam registradas de imediato no sistema do órgão, eliminado o talonário em papel; o monitoramento por câmeras das provas práticas de direção veicular, com arquivamento de imagem do veículo e voz dos ocupantes do mesmo e a Vistoria Veicular Eletrônica, feita por sistema que diminui o tempo médio do serviço, que hoje é realizado manual e dura cerca de 20 minutos, passando para apenas 5 minutos.

Fonte: G1 RN

quarta-feira, 20 de abril de 2016

SE PERDER A CARTEIRA DE MOTORISTA retire a 2ª via da CNH pela internet e receba a carteira em casa

Nota: A proposta é para o  estado de SP. Há estudos para que o restante do Brasil também implante tal medida.

Muitos motoristas ainda não sabem, mas, em caso de furto ou perda da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), é possível pedir uma 2ª via sem sair de casa. Em vez de ir a uma unidade do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP), o motorista pode realizar o serviço pela internet e receber a carteira por correspondência.

Para isso, o condutor precisa ter uma habilitação com foto dentro do prazo de validade e estar em situação regular. Ao acessar o site do Detran-SP (clique aqui), é preciso criar um cadastro e fazer o login. Se o motorista ainda não o tiver, basta preencher os campos pedidos e informar os dados pessoais até a finalização do registro. Se já for cadastrado, é necessário somente colocar o número do CPF e a senha e clicar no item "Acesse os Serviços Online", depois em "2ª via da CNH" e, por fim, "Faça pela internet".
A partir daí, deve-se preencher os dados pedidos e o código de segurança. O motorista será encaminhado para uma página na qual é informado o valor que precisa ser pago pelo serviço. Pela emissão do documento e o envio por correspondência, o condutor precisará pagar uma taxa de R$ 49,86. Para realizar o pagamento, é preciso ir até uma agência de rede bancária conveniada (Banco do Brasil, Santander, Bradesco ou HSBC). Se preferir buscar a carteira em alguma unidade do Detran-SP – Aricanduva, Armênia ou Interlagos –, o valor é menor: R$ 38,86.

Se o próprio motorista for até o local, deve levar a carteira de habilitação, o protocolo e um comprovante de endereço em seu nome (emitido, no máximo, três meses antes). Em caso de furto ou perda da CNH, deve-se apresentar o boletim de ocorrência ou declaração de perda.

Se a carteira tiver sido recolhida por vencimento, deve-se ter a guia de apreensão. Um parente próximo – cônjuge, pais, filhos ou irmãos – também pode se apresentar no lugar do condutor para pegar o documento. Para isso, basta levar o protocolo, o RG e um comprovante de parentesco original.



Fonte: a partir de matéria do portal ig.com


domingo, 10 de abril de 2016

LULA FICA EM PRIMEIRO EM NOVA PESQUISA DATAFOLHA PARA PRESIDENTE




Em outro cenário, Marina tem 23%, Lula, 22%, Alckmin, 9%. Pesquisa foi feita em 7 e 8 de abril; margem de erro é de 2 pontos percentuais.


Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (9) pelo site do jornal "Folha de S.Paulo" mostra os percentuais de intenção de voto em quatro simulações da corrida presidencial de 2018.
Cenário 1 (com Aécio Neves):
Lula (PT): 21%
Marina Silva (Rede): 19%
Aécio Neves (PSDB): 17%
Jair Bolsonaro (PSC): 8%
Ciro Gomes (PDT): 7%
Luciana Genro (PSOL): 2%
Michel Temer (PMDB): 2%
Eduardo Jorge (PV): 1%
Ronaldo Caiado (DEM): 1%
Branco/nulo: 17%
Não sabe: 5%
Cenário 2 (com Geraldo Alckmin):
Marina Silva (Rede): 23%
Lula (PT): 22%
Alckmin (PSDB): 9%
Ciro Gomes (PDT): 8%
Jair Bolsonaro (PSC): 8%
Luciana Genro (PSOL): 2%
Michel Temer (PMDB): 2%
Eduardo Jorge (PV): 1%
Ronaldo Caiado (DEM): 1%
Branco/nulo: 18%
Não sabe: 6%
Nesse cenário, na pesquisa anterior, Marina aparecia com 23%, Lula com 17% e Alckmin, 11%. 
Cenário 3 (com José Serra):
Marina Silva (Rede): 22%
Lula (PT): 22%
José Serra (PSDB): 11%
Jair Bolsonaro (PSC): 7%
Ciro Gomes (PDT): 7%
Luciana Genro (PSOL): 2%
Michel Temer (PMDB): 2%
Eduardo Jorge (PV): 1%
Ronaldo Caiado (DEM): 1%
Branco/nulo: 18%
Não sabe: 6%
Em março, nesse cenário, Marina tinha 24%, Lula, 17% e Serra, 13%.

Cenário 4 (com três candidatos tucanos):
Lula (PT): 21%
Marina Silva (Rede): 16%
Aécio Neves (PSDB): 12%
Sérgio Moro (sem partido): 8%
Jair Bolsonaro (PSC): 6%
Ciro Gomes (PDT): 6%
José Serra (PSDB): 5%
Geraldo Alckmin (PSDB): 5%
Luciana Genro (PSOL): 2%
Eduardo Jorge (PV): 1%
Ronaldo Caiado (DEM): 1%
Michel Temer (PMDB): 1%
No cenário com três candidatos tucanos, em março, os três primeiros colocados eram Marina e Lula, com 17% cada, e Aécio, com 14%.
O Datafolha informou que fez a pesquisa nos dias 7 e 8 de abril, com 2.779 entrevistados em 170 municípios.

Fonte: Datafolha via g1.com

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Por que o Natal, nascimento de Cristo, tem data fixa e a Páscoa, sua ressurreição não tem?


Solstício e Equinócio como referência


Como se calcula a data da Páscoa?




Quando os ovos de chocolate vão finalmente chegar ao supermercado à espera da Páscoa?

Diferentemente do Natal e outras festas religiosas, a Páscoa muda a cada ano, entre 22 de março e 25 de abril. E a escolha dos dias foi definida após muita controvérsia.



A Páscoa cristã tem relação com Páscoa judaica (o Pesach).

Segundo a tradição cristã, a festa marca o dia da ressurreição de Cristo, em um domingo.

Para a tradição judaica, marca a fuga dos judeus do Egito, liderados por Moisés.

Mas por que elas não são celebradas do mesmo dia?

Raízes judaicas

Lutz Doering, professor da Universidade de Durham, na Grã-Bretanha, diz que há registros de que até o século 2 muitos cristãos celebravam a festa no dia 14 de Nisan do calendário judaico, mesma data do Pesach.

Doering explica que alguns grupos passaram a celebrar a Páscoa no domingo após o Pesach, 'porque viam a data como independente, uma nova celebração ligada exclusivamente à ressurreição de Jesus'.

Convencionou-se então que a Páscoa seria celebrada no domingo após a primeira lua cheia da primavera, guiando-se pela data do equinócio.

O debate sobre a mudança foi documento por Eusébio, historiador romando e bispo de Cesareia, que narra os encontros entre diferentes grupos que queiram fazer prevalecer sua posição.

Ao fim, cada um continuou a celebrar na data que considerava correta, até o Primeiro Concílio de Niceia, em 325 d.C..

O concílio convocado pelo imperador Constantino foi uma tentativa de unificar as normas e a tradição cristã, que havia sido feita religião oficial do Império Romano em 312 d.C..

O concílio decidiu que todos os cristãos deveriam celebrar a Páscoa na mesma data e que esta seria separada do Pesach.

Festa móvel

Um problema em separar a Páscoa do Pesach foi como calcular a data da festa com antecedência, já que a astronomia romana não era tão desenvolvida e a festa estava relacionada ao ciclo lunar.

O astrônomo Robert Cockcroft, da Universidade McMaster, no Canadá, explica que o problema foi resolvido ao se ficar 'datas eclesiásticas', diferentes das datas astronômicas.

Fixou-se a Páscoa no primeiro domingo após a primeira lua cheia 'eclesiástica' após o equinócio da primavera.

As datas 'eclesiásticas' tendem a seguir o tempo lunar, mas excepcionalmente o Pesach e a Páscoa acabam sendo celebrados com uma distância maior.

'Se a lua cheia ocorrer durante o equinócio, os cálculos eclesiásticos tende a forçar a próxima lua cheia para determinar a data da Páscoa', diz.

Julio e Gregório

A confusão para determinar a Páscoa ainda não tinha chegado ao fim.

Até 1582, usava-se na Europa o calendário juliano (em honra a Júlio César), baseado no ano solar.

'Contudo, o calendário juliano superestimava o ano solar em três dias, por quatro séculos', conta.

A contagem equivocada fez a Páscoa ser celebrada no verão europeu no século 16.

Em 1582, o Papa Gregório XVIII resolveu corrigir o erro e estabeleceu um novo calendário, o gregoriano, em uso até hoje.

Os dias do ano foram limitados a 365 (366 nos anos bissextos) e foram 'extintos' dez dias na contagem.

Quem dormiu na noite do dia 4 de outubro de 1582 acordou na manhã do dia 15 de outubro, oficialmente.

O calendário, no entanto, não foi seguido por todos. Cristãos ortodoxos continuaram a usar o calendário juliano.

Com tanta mudança, a Páscoa é hoje celebrada em datas diferentes por judeus, católicos e cristãos ortodoxos.


Fonte: BBC/ Via g1.com


Por que o Natal, nascimento de Cristo, tem data fixa e a Páscoa, sua ressurreição, não tem dia certo no calendário?

O dia 25 de dezembro foi estabelecido para o Natal pela igreja católica já que não há nenhuma evidência histórica do nascimento de Jesus. “Essa data foi fixada pela Igreja no primeiro dia do solstício de inverno do Hemisfério Norte”, diz o padre Maurílio Alves Rodrigues, doutor em Ciências Religiosas e diretor da Faculdade de Filosofia e Teologia João Paulo II.

A escolha deste dia é baseada numa fala de João Batista no evangelho de São João (capítulo 3, versículo 30) : “eu devo diminuir, ele deve crescer”. O solstício de inverno é exatamente o menor dia do ano no Hemisfério Norte (no hemisfério sul é o solstício de verão), a partir dele, os dias começam a durar mais do que as noites. Ele é interpretado como uma vitória da luz sobre a escuridão. Essa data deu origem a diversas festas pagãs, que “a Igreja católica acabou sacralizando e dando a elas outro sentido”, diz o padre.

“Já a data da Páscoa católica segue o calendário lunar”, diz Rodrigues. É o primeiro domingo depois da primeira Lua cheia após o equinócio da primavera no Hemisfério Norte – equinócio de outono no Sul. Pode ocorrer entre os dias 22 de março e 25 de abril. Pela definição católica, a ressurreição de Cristo teria ocorrido perto do ano 33 d.C no período do Pessach, a Páscoa judaica.

No entanto, a Igreja adotou este período para a Páscoa só no ano 325 d.C, durante o Conselho de Niceia. Ela se apropriou novamente de uma comemoração pagã. “Todas as culturas antigas do norte celebravam as estações do ano – mais definidas lá - com festas de semeadura e colheita. O catolicismo entra e se apropria dessas tradições, assim como o judaísmo e outras religiões também fizeram”, diz.



Fonte: revistagalileu.globo


Imagens ilustrativas


sábado, 20 de fevereiro de 2016

ACÚMULO DE CARGOS: SERVIDORES DEVEM PRESTAR CONTAS SOBRE ACÚMULO DE CARGOS

Indícios de irregularidades relativas ao acúmulo e à incompatibilidade de cargos públicos, no estado da BA, levou a  Corregedoria Geral do Estado (CGR), órgão ligado à Secretaria de Administração da Bahia (Saeb), a convocar 465 servidores a prestar esclarecimentos na última etapa da "Operação Multivínculo", que identificou 1.447 funcionários que acumulavam indevidamente cargos municipais, estaduais e federais.

Os nomes dos servidores que estão inclusos na última etapa de convocação constam na Portaria nº 338, publicada neste final de semana, no Diário Oficial do Estado (DOE).  De acordo com a Saeb, foram verificados casos de acúmulo de até cinco vínculos trabalhistas por servidor. As irregularidades foram encontradas em Salvador e na região metropolitana.

As pessoas identificadas na operação devem comparecer ao posto do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), situado no Shopping Bela Vista, em Salvador, entre os dias 7 e 11 de março. Os atendimentos serão realizados das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h.

No SAC, os servidores devem apresentar declaração constando nome, matrícula, cargo, função, data de admissão, carga horária total e a sua distribuição semanal. O documento também deverá conter a frequência dos últimos seis meses e a sua situação funcional atual devidamente preenchida, assinada e carimbada pela chefia imediata. Também deverá apresentar cópia da declaração de acumulação de cargos públicos, preenchida no período da posse do cargo público.


A Lei proíbe o acúmulo de dois cargos públicos quando não há compatibilidade de horários e veda expressamente a acumulação de três ou mais empregos públicos. A Constituição Federal (CF) abre exceção apenas para quando existe compatibilidade horária e para cargos específicos.


Fonte: G1. COM

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

PROUNI 2016: VEJA A LISTA DE APROVADOS

O Ministério da Educação divulgou nesta segunda (25) a primeira chamada de pré-selecionados para o Programa Universidade para Todos (Prouni). Os candidatos podem conferir os resultados no site , na central de atendimento (0800-616161) e nas instituições de ensino que integram o programa.

Nesta edição, foram ofertadas 203.602 bolsas de estudo em universidades particulares, segundo o MEC - uma queda de 4% em relação ao ano passado, quando houve 213.113 bolsas no sistema. Já o número de cursos com bolsas disponíveis subiu de 30.549 para 30.931.

O candidato que foi convocado deve comprovar, até o dia 1º de fevereiro, as informações apresentadas no momento da inscrição. Cabe ao estudante verificar no site da universidade em que foi aprovado quais os horários e o local para a conferência dos dados. 
A perda do prazo ou a não-comprovação de informações acarretam a reprovação do candidato.

Se não houver abertura de turma no curso/turno em que o estudante foi selecionado, ele será reprovado e poderá tentar concorrer à chamada seguinte. Ou seja: só haverá bolsa para os cursos nos quais haja número suficiente de matriculados para a formação de uma classe inicial.


Algumas faculdades, além de exigirem a apresentação de documentos, também submetem os estudantes a um processo seletivo próprio, que não pode ser mais rigoroso do que o vestibular regular. Instituições de ensino que organizarem essa seleção extra não têm o direito de cobrar taxas. Elas  devem explicar formalmente aos candidatos todos os detalhes do processo em até 24 horas a partir da divulgação da primeira chamada.


Os candidatos podem conferir os resultados no site http://siteprouni.mec.gov.br/ 


Fonte: G1.COM

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

ELEIÇÕES 2016: LIMITES DE GASTOS PARA CANDIDATOS A PREFEITO E VEREADOR.

Já está disponível no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o detalhamento dos limites de gastos para os cargos de vereador e prefeito nas eleições municipais deste ano. As tabelas com os valores por município estão anexadas na Resolução n° 23.459, situada no link “normas e documentações” das Eleições 2016.

A partir de agora, com as alterações promovidas pela Reforma Eleitoral 2015 (Lei nº 13.165), o teto máximo das despesas dos candidatos será definido com base nos maiores gastos declarados na circunscrição eleitoral anterior, no caso as eleições de 2012.

De acordo com a norma, no primeiro turno do pleito para prefeito o limite será de 70% do maior gasto declarado para o cargo em 2012. No entanto, se a última eleição tiver sido decidida em dois turnos, o limite de gasto será 50% do maior gasto declarado para o cargo no pleito anterior.

Nas cidades onde houver segundo turno em 2016, a lei prevê que haverá um acréscimo de 30% a partir do valor definido para o primeiro turno.

No caso das campanhas eleitorais dos candidatos às eleições para vereador, o limite de gastos também será de 70% do maior valor declarado na última eleição.

A norma diz ainda que nos municípios com até 10 mil eleitores, o limite de gastos será de R$ 100.000,00 para prefeito e de R$ 10.000,00 para vereador. Neste caso, será considerado o número de eleitores existentes no município na data do fechamento do cadastro eleitoral.

Os limites previstos também serão aplicáveis aos municípios com mais de 10 mil eleitores sempre que o cálculo realizado do maior gasto declarado resultar em valor inferior ao patamar previsto para cada cargo.

Atualização

Os valores constantes nos anexos serão atualizados monetariamente de acordo com a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ou por índice que o substituir.

O cálculo será feito tendo como base o período de outubro de 2012 a junho de 2016. Os valores corrigidos serão divulgados por ato editado pelo presidente do TSE, cuja publicação deverá ocorrer até o dia 20 de julho do ano da eleição.


O TSE manterá a divulgação dos valores atualizados relativos aos gastos de campanha eleitoral na sua página na Internet, para efeito de consulta dos interessados.



Fonte: Nominuto.com

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

RN: Governo vai distribuir 595 toneladas de sementes a 45 mil agricultores

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), vai distribuir este ano 595 toneladas de sementes de arroz, feijão, milho e sorgo dentro do programa Banco de Sementes. O volume é 15% maior do que o entregue em 2015, quando 39 mil agricultores foram beneficiados com 509 toneladas de grãos. Dessa vez, 45 mil produtores receberão as sementes do Governo do Estado.

Segundo o secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Haroldo Abuana, este ano o Governo do Estado está investindo R$ 5,9 milhões na distribuição de sementes, R$ 1,2 milhão a mais do que o aplicado em 2015 (R$ 4,7 milhões). O calendário de distribuição dos grãos ainda está sendo definido pela Sape. “Esta é mais uma alternativa ao produtor, que tanto tem sofrido com a seca em nosso estado, e uma prova do compromisso do governo com a agropecuária potiguar”, ressalta o secretário.

Em 2015, o volume de sementes distribuído superou em 188 toneladas o entregue em 2014. Trinta e nove mil agricultores foram beneficiados com a medida em 158 municípios potiguares. No ano passado também foram fornecidos 10 mil quilos de sementes de arroz vermelho para as Associações de Produtores de Apodi, Felipe Guerra e Caraúbas, com cadastramento feito pela Emater. Neste momento a Sape trabalha para fechar o cadastramento dos produtores para então iniciar a distribuição.


O Programa Banco de Sementes teve início em 2005 e prevê em sua filosofia o fornecimento do estoque inicial de sementes selecionadas para o plantio de milho, arroz e feijão para subsistência das famílias e sorgo Ponta Negra para forragem dos rebanhos. Todas são variedades adaptadas para o semiárido e têm o acompanhamento dos pesquisadores da Emparn e Embrapa, que através de suas pesquisas proporcionam ao agricultor familiar do RN sementes precoces e de ciclo rápido, de forma que o agricultor possa aproveitar ao máximo a quadra chuvosa no nosso estado.


Fonte: nominuto.com

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

CHUVAS NO RN: Santo Antônio

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) registrou a ocorrência de chuvas nas últimas 24 horas, em várias regiões do Estado, causadas por áreas de instabilidade sobre o oceano Atlântico, próximo à costa, associadas à circulação do vento em baixos níveis da atmosfera e a Zona de Convergência Intertropical sobre o Nordeste e com mais intensidade no oeste do estado, sentido sertão/agreste/litoral.

De acordo com o mais recente boletim pluviométrico, choveu em 67 municípios. O maior índice foi de 47,5 mm, registrado em Caraúbas, na região Oeste.


A região Litoral/agreste registrou médias de 15 mm. Em Santo Antônio média de 5 mm até as 16 hs do dia de hoje.

LISTA DOS APROVADOS PARA O SISU

.

Sai hoje a lista dos classificados para as vagas oferecidas

As inscrições são feitas exclusivamente pela internet, Inscrições clik -  site do Sisu.

O resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) vai ser divulgado nesta segunda-feira (18). Ao todo, 2.712.937 candidatos se inscreveram para 228.071 vagas em 131 instituições públicas de ensino superior. Os candidatos selecionados deverão fazer a matrícula nos dias 22, 25 e 26 de janeiro.

O Sisu usa as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar candidatos às vagas em instituições públicas de educação superior em todo o país. Podem participar os estudantes que tenham participado do exame em 2015 e não tenham tirado nota 0 na redação.

Aqueles que não foram selecionados na primeira opção de curso poderão participar da lista de espera, também a partir de hoje (18). O prazo para que isso seja feito vai até 29 de janeiro. Basta acessar o portal do Sisu e clicar na opção que confirma a inscrição na lista de espera.


O resultado dos selecionados pela lista será divulgado no dia 4 de fevereiro. Caberá ao estudante procurar a instituição de ensino e fazer a matrícula.